Alunos desenvolvem a coordenação visual em atividade de dobraduras

A turma do 1º ano está em uma fase de muitas descobertas. A comunicação está sendo aprimorada e, com isso, as crianças caminham no processo de alfabetização. Elas estão aprendendo a diferenciar letras, desenhos e símbolos. Quanto mais divertido for esse momento, melhor será!

Existem diferentes formas de estimular o desenvolvimento dos alunos. Entre elas, a professora Sônia propôs uma atividade que integrou alfabetização e artes. Uma união que deu muito certo com a produção de dobraduras na unidade Osasco.

A arte da dobradura está inserida numa dinâmica que incentiva o gosto pela criação. Além de ser divertida, contribui para desenvolvimento da coordenação visual, que é a capacidade de controlar o movimento da mão guiado pela visão. Essa habilidade é fundamental para evoluir na escrita. Dobrar o papel existe concentração e bastante atenção.

“Começamos com algo simples, como flor, cachorro, casa e gato. Com o passar do tempo, vamos apresentando outras  mais complicadas e detalhadas. Com isso, a aprendizagem é enriquecida nessa fase de aquisição da leitura e da escrita”, conta a professora.

O resultado dos trabalhos dos alunos está exposto na escola. Em breve, o mural colorido e interessante será enriquecido com pequenos textos que serão produzidos pelas turmas. Com o método Aprender a Estudar, a evolução acontece dia após dia.