Turma é inspirada na obra “Pequeno Manual de Monstros Caseiros”

Os alunos do 3° ano conheceram o livro “Pequeno Manual de Monstros Caseiros”, do autor e ilustrador Stanislav Marijanovic, com tradução de Eduardo Brandão. Inspirados por essa curiosa história, eles produziram uma nova versão a partir das experiências e ideias da turma.

Durante a leitura do livro original, as crianças se encantaram com os monstros apresentados. Elas relacionaram sentimentos com o que cada personagem provoca nos leitores e pensaram nas situações da vida que poderiam “encontrar” esses monstros. Após se deleitarem com a leitura, surgiu um questionamento: “será que existem outros monstros?” E a resposta imediata foi: “sim!”

“Conversamos sobre novos monstros durante algumas aulas e, então, cada criança descreveu e desenhou o monstro que a incomodava e que poderia `infectar’ a vida dela e de outras pessoas. Nas aulas de produção dos textos, estudamos ainda ortografia, encadeamento de ideias e como deixar o texto atraente para os leitores”, explica a professora Tati.

Para enriquecer ainda mais essa atividade, os alunos descobriram como elaborar um livro com Daniel e Josie, pais do aluno Paulo Rogero, que trabalham com revisão e diagramação de livros e textos. Eles deram uma aula e mostraram o processo de elaboração dos livros, desde o momento em que o autor tem uma ideia até o material ficar pronto.

Depois dessa aventura em torno do aprendizado, nasceu o livro “Monstros ”infectadores” de sentimentos”, de autoria dos estudantes. Eles participaram de todas as etapas, incluindo a revisão e a diagramação do livro. Uma experiência marcante! “A sensação de escrever um livro é fantástica. Quando está pronto, mais ainda. Ler muito mais”, conta o aluno Afonso Sena.

A aluna Alice Mourão compartilha desse orgulho e alegria. “Eu achei muito divertido fazer o livro e também são poucas pessoas que têm essa experiência. E o melhor é que foi feito por todos da sala. Então foi muito bom!”, relata.

O grupo está entusiasmado com esse trabalho. Confira outros depoimentos:

“Eu achei que fazer o livro foi bem interessante, porque você tem a sensação de escolher o destino de um livro”, Felipe Nakada.

“Fazer um livro é muito divertido, interessante e emocionante. Amei a experiência. Eu adorei escrever e fazer meu monstro”, Julia Campos.

“Para mim, fazer esse livro foi uma experiência espetacular. Esse livro tem uma parte minha e isso é muito bacana para uma criança de nove anos como eu”, Diego Madeira.

“A sensação de escrever um livro é muito divertido, principalmente, um livro real que todos vão ler”, Miguel Sena.

“Eu amei ver como a Casa das Ideias trabalha e transformou nosso livro em real”, Helena Lozano.

 

CLIQUE NA CAPA E CONFIRA O LIVRO ON-LINE!

 

OU CLIQUE AQUI PARA FAZER O DOWNLOAD